Follow by Email

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Encontro.

Sai de si, vem curar teu mal, te transbordo em som, põe juízo em mim.
Teu olhar me tirou daqui, ampliou meu ser, quero um pouco mais...não tudo, pra gente não perder a graça no escuro. 
No fundo, pode ser até pouquinho, sendo só pra mim sim.
Olhe só como a noite cresce em glória e a distância traz nosso amanhecer,
deixa estar que o que for pra ser vigora, eu sou tão feliz, vamos dividir os sonhos, que podem transformar o rumo da história. 
Vem logo ... que o tempo voa como eu, quando penso em vc.


Maria Gadú.