Follow by Email

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Sou uma passageira...


Sou uma passageira…

Embarco e desembarco sem realmente saber qual é o instante que realmente sou eu mesma…Sou sonho…

A matéria é empréstimo e perece, o sonho é eterno e permanece…

Decidi fazer do que é real, uma ilusão e, da minha ilusão a minha mais verdadeira realidade…

Seria como tingir a água de azul, por instantes desejar que minhas mãos sejam flores e poder sentir o beijodo beija-flor...
Já que conheço o ruido de um tiro, me nego a aceitá-lo, prefiro ouvir o que converam as árvores…

Outro dia diziam elas, que as estrelas são as flores que bordam o céu…

Imaginação, loucura, ilusão…

Prefiro assim…

Nenhum comentário: