Follow by Email

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Poesias feitas por FÊ SOANE :) Só pra mim.


O FÊ é um amigo POETA mto querido e talentoso. Obrigada, adorei todas as poesias.


-Luz dos olhos de um amor sem tamanho/ Amor de Afrodite, de coisas tão simples/ Mil sonhos guardados atrás desses olhos castanhos/ Tua natureza é ter beleza constante/ Povos inteiros a te perseguir pelos versos/ Preciosa menina de fidelidade constante/ Dádiva de Hera que te protege/ Sem ti, os corações partem-se em guerra/ mas contigo, sangra-se amor pela pele./ Guiada por Atena, deusa da sabedoria/ Zeus de ti sente certa inveja/ Tua fama, um desejo que ele queria/ Eros decretou: Não te adorar é covardia!/ Tu lembras-me Héstia, de bom lar e agrado/ Morrerei plebeu sem barão e coroa/ Por ti a entoar odes de um apaixonado/ Todos os anjos admiram a tua beleza/ Resta-me somente te dizer:/ Tu tens o verdadeiro arquétipo de deusa.


-Tua beleza é grandiosa / Pequena Rosa / Água do Amor que desata a lágrima / Tua beleza é uma fúria silenciosa / É o abraço calmo do mar na areia... / Você tem o canto enigmático e sedutor das sereias!


-"Jaqueline"/ Doce como tempo de chuva/ Dançando feliz nas poças da rua/ Inevitável como meninas e bichos de pelúcia/ Diferente do jeito que precisa ser/ Jaquelinda bossa fina, sorriso de menina/ Alma de gente mulher que ainda vai ter/ Tropicália de sorrisos e caminhos/ Docíssima paisagem dos meus olhos/ Tradução de linhas inconcebíveis/ Saborosa palavra que pronuncio/ Pessoa que é sujeito e predicado/ Lugar de todos os sonhos possíveis.


-A recíproca do abraço é o aperto/ A ausência da certeza é o medo/ A recíproca do silêncio é o suspiro/ O excesso de desejo gera a razão de sonhar contigo/ A recíproca do impulso é a paixão/ O equívoco da promessa é a eternidade/ O sinônimo da minha casa é seu coração/ A ausência de ilusão, chamamos realidade./ A recíproca do sonho é a esperança/ O exagero do ciúme é o receio de perder/ O equivalente da saudade é a lembrança/ E a recíproca do amor só pode ser você!


-Namorar-te/ Com palavras que me traduzem/ É namorar alguém que mora ao lado/ Ficam meus livros, meus cinco sentidos/ Compelidos e guardados comigo/ Só quando você não está/ Abro uma janela/ Não tem madeiras e nem cadeados/ É só uma conversa/ Pra quem vê de fora/ Pra quem namora por telepatia não/ Namorar-te/ Saciar meu coração – com fantasias!/ Saciar seu ego – com maravilhas!/ Namorar-te/ É ser amigo, seu guru, seu vizinho.


-Quando eu me lembro de você/ Dá vontade de escrever mil canções de amor./ Eu acredito até em finais felizes./ Será que você gosta de mim?/ Ainda tenho seu retrato/ Eu não sou tão rude assim/ Será que você ainda gosta de mim?/ "Gosto tanto de você"/ Ah como eu queria ouvir que sim!/ Pois andei só muito tempo/ mas ainda tenho meus amigos/ Guardo todos como relíquias/ Aliás, amigos são divindades preciosíssimas/ Sinto saudade e penso em te ligar/ Dizer o que eu sinto/ Falar das coisas do coração/ Porque você é tudo que existe/ Fazia o ato de amar/ uma coisa tão simples.../ Sem você sou muito pouco/ Então dói se a vejo com outro/ Todos dizem estar sozinhos/ Todos pensam em ter amigos/ Todos querem namorar/ Todos dizem eu te amo/ Ah, meu bem/ Quando eu me lembro de você/ Dá vontade de escrever mil canções de amor...


-A deusa perfeita vive ferida / Desde que Deus pôs mel na ponta da flecha e a acertou... / Jaqueline vive com a doçura eterna / De ser a prova viva do Amor....

-Deus viu um de seus anjos caídos na Terra. Resolveu tirar-lhe as asas p/ que aprendesse a andar entre os humanos como se um deles fosse. E cobriu esse anjo c/ flores, dando-lhe o brilho mais cintilante do sol e a pureza límpida dos diamantes. Esse anjo tomou forma pela beleza feminina, e c/ todas as palavras de amor quer que seu nome rime. Esse anjo é o anjo do amor, também chamado de Jaqueline!



Nenhum comentário: