Follow by Email

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Mamãe.


Ela é uma mulher forte, corajosa.
Se me perguntam até hoje, aonde me senti mais segura e completamente feliz, digo que nos braços da minha mãe.

Me recordo que quando seus olhos sensíveis se endureciam era sinal de que eu precisava de uma lição!

Ai ai, meu coração gelava!
Mas mesmo depois de tudo ela me enchia de amor, como que pra se redimir por ter sido tão dura, mesmo que eu merecesse àquela lição.

E é um ciclo que se renova, faço exatamente a mesma coisa com minha Yasmin e ela então...IGUAL.

Como se parece comigo quando eu era criança!!!
Precisa sentir meu cheiro para que se sinta segura, e como necessita do meu calor, do meu abraço para que se sinta amada, exatamente assim.

Sabe MÃE, essa tua força e todo esse amor que me foram dados me guiaram pela vida e me deram as asas que eu precisava pra voar.
Voei mesmo quando cortaram uns pedacinhos destas asas
... e vou voar ainda mais alto.

E sempre que estou muito triste lembro de quando eu era pequena e você só me abraçava, sem dizer sequer uma palavra.

Simplesmente me abraçava.

Jaqueline Oliveira.

Nenhum comentário: