Follow by Email

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Multidões até.


Há muitas em mim, multidões até.
Na minha alma habitam várias e eu sou todas elas.
Talvez vc nunca saiba com quem está lidando, tampouco quanto tempo conseguirá ficar com cada uma de mim...
Há um tolo, um sábio, um velhinho e uma criança.
Mas juro que se um dia passares algumas horas comigo te darei ao menos uma das tantas que sou.
Evite ilusões, tenho um lado mal, mantenho-o bem preso dentro de mim, pois quando ele se solta é bem feroz.
Não sou santa, desculpe.
E...entre essas muitas um dia me descubro, e quem sabe serei eu mesma para sempre.

Jaqueline Oliveira.

Nenhum comentário: